Alexandre Andrade Lima

Fávaro critica Abril Vermelho

Fávaro critica Abril Vermelho

Após dez dias do início do chamado “Abril Vermelho”, no qual o Movimento Sem Terra (MST) projeta intensificar invasões, o ministro da Agricultura e Pecuária Carlos Fávaro criticou a ocupação de propriedades produtivas por parte do movimento. No dia 5 de abril, 250 integrantes do MST couparam 800 hectares de três engenhos no município de Timbaúba, no estado de Pernambuco.“O programa de apoio à reforma agrária, no governo do presidente Lula, tem as portas abertas. Não se faz necessário através de movimentos radicais, através de invasão de terra produtiva. Até porque tem lei que proíbe isso. Terra invadida não é…
Ler mais