fertilizantes

Entregas de fertilizantes diminuíram, mas supriram o agronegócio em 2022

Entregas de fertilizantes diminuíram, mas supriram o agronegócio em 2022

Apesar das dificuldades de compra e logística provocadas pela guerra entre Rússia e Ucrânia, dois fornecedores importantes dos insumos, as entregas de fertilizantes ao mercado brasileiro em 2022, mesmo com queda de 10,4% em relação a 2021, atenderam plenamente ao mercado. Foram 41,07 milhões de toneladas, ante 45,85 milhões no ano anterior. As informações são da Associação Nacional de Difusão de Adubos (ANDA), cujo diretor-executivo, Ricardo Tortorella, lembra que “nosso país importa 85% do total que consome”.Os dados referentes às entregas somente em dezembro de 2022 registram crescimento de 1,4% em relação ao mesmo mês de 2021. Foram 3,36 milhões…
Ler mais